Como cuidar de um Pug bebê?: o guia completo! [2023]

Como cuidar de um Pug bebê? Quando você tem um cachorro desde filhote, isso lhe dá uma oportunidade maravilhosa.

Oferece a você a chance de se relacionar com seu cão desde o início. Isso também lhe dá uma vantagem porque você será capaz de treinar e ensinar ao seu filhote o que ele precisa saber antes de aprender qualquer mau comportamento de outro lugar.

Este artigo discutirá Como cuidar de um Pug bebê?, começando com 8 semanas de idade e até ele se tornar adulto, com 1 ano de idade.

Como cuidar de um Pug bebê? Transição para um novo lar

As coisas serão muito mais fáceis se você planejar com antecedência, se não todos, os itens de cuidado do seu cachorro já em sua casa. Aqui estão os itens mais importantes que você deve ter:

Como cuidar de um Pug bebê?

Uma casa – Uma com tamanho ajustável é melhor para atender às necessidades de um filhote de Pug em crescimento.

Cercadinho – Escolher um local para cercar ou usar um cercadinho canino são boas opções para quando você precisar deixar seu filhote Pug sozinho em casa ou quando não puder ficar ao lado dele.

Isso mantém o filhote em um espaço controlado, o que ajuda nas necessidades do banheiro e mantém o filhote em uma área quando ele tem fortes desejos de mastigar.

Comida para cachorros – Deve ser obtida antes de o cachorro ser levado para casa. Os donos nem sempre concordarão com a comida que um filhote está comendo, porém qualquer mudança deve ser feita gradualmente. Tenha à mão a comida que o Pug está acostumado a comer, bem como a sua nova escolha.

Quanto ao tipo de louça a usar, as tigelas mais indicadas para esta raça são as de inox (a cerâmica também pode ser boa, mas pode rachar ou estilhaçar), pois as tigelas de plástico podem vazar corantes que podem causar reações alérgicas e/ou manchas no pele facial.

Você também deseja que eles sejam dimensionados adequadamente e no nível do chão.
Mel – Os filhotes são propensos à condição de hipoglicemia, que é uma queda rápida e perigosa nos níveis de açúcar no sangue.

O estresse, entre outras coisas, pode causar isso e, embora ir para um novo lar seja um evento feliz, também pode ser estressante para um filhotinho que está deixando tudo o que conheceu e não tem mais a companhia e a amizade de sua ninhada. companheiros.

Os sinais de hipoglicemia são: fraqueza, sonolência súbita, tontura, tropeço ao caminhar e/ou confusão. O tratamento pode ser fornecido em casa, pois planos estão sendo feitos para levar o filhote ao hospital veterinário ou veterinário mais próximo.

Um pouco de mel é esfregado nas gengivas e, em seguida, o filhote deve receber tratamento profissional, às vezes uma intravenosa para restaurar os níveis de açúcar ao normal.

Trela, coleira e arnês – Pugs são propensos a condições que envolvem problemas respiratórios. A estrutura corporal desta raça limita as passagens respiratórias em um pequeno espaço e os Pugs podem ter passagens e aberturas nasais menores do que o normal (narinas estenóticas).

Por esse motivo, usar um arnês pode ajudar um Pug a respirar com mais facilidade quando estiver na coleira. Uma coleira curta de 6 pés funciona melhor tanto para treinar quanto para usar o penico.

Suprimentos de higiene – A pelagem espessa de um Pug muda bastante e escová-la bem e oferecer banhos regularmente pode ajudar a controlar a queda.

Começar os cuidados dentários em tenra idade pode ajudar um cachorro a habituar-se a este elemento de higiene e estabelecer uma base para uma vida inteira de boas práticas de higiene oral.

Manter as rugas, os olhos e as orelhas limpos são parte importante dos cuidados com um filhote de Pug.

Alguns proprietários preferem que seu filhote durma na cama com eles e, embora isso nem sempre seja uma coisa ruim, o proprietário deve pensar em como isso acontecerá quando o filhote se tornar um cão adulto muito maior.

Os filhotes desenvolvem hábitos rapidamente e, uma vez que um Pug se acostuma com a cama de um humano, ele pode ficar muito relutante em fazer uma mudança.

Fazer com que um filhote se acostume com sua própria cama canina desde o início, instalada em um canto tranquilo de uma sala, pode funcionar melhor.

Tenha em mente que os Pugs anseiam por companhia humana e não gostam de se sentir isolados.

Como cuidar de um Pug bebê?

Colocar a cama em um canto tranquilo de um quarto bem usado permite que um Pug tenha uma área agradável para descansar e dormir, permitindo que ele fique perto de sua família humana.

Será normal que um pequeno durma entre 16 e 18 horas por dia… Isso inclui tanto o sono noturno quanto os cochilos que serão tirados ao longo do dia.

A dentição começará por volta dos 3 ou 4 meses de idade e pode durar até que um filhote de Pug tenha 8 meses de idade.

Ter um bom suprimento de brinquedos à mão para um filhote mastigar é importante.
Antes de trazer um filhote para casa e regularmente (pelo menos semanalmente), os donos são encorajados a passar por todos os andares para remover quaisquer objetos pequenos que possam ser acidentalmente engolidos.

Todos os itens que podem ser mastigados, como livros de bolso e sapatos, devem ser colocados no alto até que o Pug amadureça.

Como cuidar de um Pug bebê? choramingando

É normal que filhotes muito jovens chorem quando são trazidos para uma nova casa, isso geralmente dura apenas uma semana ou mais, à medida que o filhote se acostuma com sua nova família e ambiente.

Isso também pode ser um sinal de que ele precisa ir ao banheiro, portanto, seguindo as diretrizes de treinamento doméstico, leve seu filhote Pug para fora regularmente.

Como cuidar de um Pug bebê? Vacinas para o cachorro Pug

Uma parte importante de cuidar de seu cachorro será certificar-se de que ele ou ela está em dia com todas as vacinas necessárias. Uma filhote de pug de 8 semanas já deveria ter recebido suas vacinas, bem como uma desparasitação. Os veterinários terão horários variados, no entanto, esta é uma diretriz geral

Como cuidar de um Pug bebê? Reações a Vacinas

As imunizações destinam-se a estimular o sistema imunológico para, em seguida, proteger um cão contra uma doença infecciosa específica.

É muito importante que seu Pug receba todas as vacinas necessárias. No entanto, esta estimulação do sistema imunológico do cão pode causar alguns sintomas menores.

Seu Pug pode reagir às imunizações de maneiras que variam de dor no local da injeção a febre baixa e reações alérgicas. As reações alérgicas podem variar de leve a grave.

Reações leves à vacinação geralmente não requerem tratamento. No entanto, se os sintomas persistirem por mais de 24 horas, chame seu veterinário.

Como cuidar de um Pug bebê? Taxa de crescimento

Um filhote de Pug cresce rapidamente e isso pode acontecer gradualmente ou com paradas. Muitos filhotes de Pug têm um surto de crescimento perto da marca de 3 a 5 meses.

À medida que o filhote se aproxima da marca de 1 ano, o crescimento diminui. Depois que um Pug atinge sua altura total, ainda pode haver algum crescimento na largura do Pug, à medida que o peito se alarga e se enche.

Como um Pug envelhece e seu crescimento é rápido, mas pode ser escalonado durante o primeiro ano.

Deixando seu filhote confortável Como cuidar de um Pug bebê?

Uma das partes mais importantes de levar um filhote para casa é permitir que ele se acostume com o novo ambiente.

Permita que seu filhote vagueie e confira seu novo ambiente. Certifique-se de manter a água de um filhote em um local projetado para que o filhote saiba que sempre pode ser encontrado.

A área de bebida e alimentação deve estar em um canto tranquilo da sala, sem muito tráfego de pedestres ou barulho, pois filhotes pequenos podem se sentir vulneráveis ​​ao comer.

Seu filhote de Pug quase não terá controle sobre a bexiga quando for muito jovem e as tarefas domésticas são um dos elementos de cuidado mais importantes, pois o treinamento adequado definirá uma vida inteira de bons hábitos.

O mais longo absoluto que um filhote de 2 meses pode manter suas necessidades é de 2 horas. Os músculos da bexiga e do intestino ainda não estão totalmente desenvolvidos. À medida que envelhecem, esse tempo aumenta, pois eles têm mais controle sobre seu corpo.

Normalmente, aumentará em 1 hora para cada mês que passar. Portanto, uma filhote de 3 meses pode aguentar por cerca de 3 horas, uma filhote de 4 meses por cerca de 4 horas e assim por diante… Sendo 8 horas o tempo máximo para qualquer idade.

Filhote de Pug atrás da cerca de madeira Como cuidar de um Pug bebê?

Você deve levar seu cachorro para fora no seguinte horário (e sempre que ele fizer um movimento para ‘ir’)

Quando ele acorda pela manhã
Cerca de 20 minutos após cada uma de suas 3 refeições
Depois de cada hora da soneca
Antes de dormir

A cada 2 horas (ou 3 ou 4- veja acima) se não for retirado pelos outros motivos acima.

Nota informativa: Quando seu filho de 2 meses precisar sair pelo menos a cada 2 horas, certifique-se de não ficar preso a esse hábito… É importante aumentar lentamente os intervalos de tempo.

Seu filhote de 3 meses pode esperar cerca de 3 horas, mas apenas se você permitir que o filhote use os músculos do intestino e da bexiga para trabalhar e ficar mais forte.

Se um dono sempre trouxesse seu Pug para fora a cada 2 horas, o cão nunca aprenderia a manter suas necessidades por um longo período de tempo.

Seu cachorro Pug e outros cães Como cuidar de um Pug bebê?

As diretrizes de Como cuidar de um Pug bebê? dirão para você mantê-lo longe de cães estranhos; você não terá como saber se um cachorro que você não conhece está com todas as vacinas em dia e/ou portador de uma doença.

Todas as vacinas de filhotes devem ser administradas antes de você levá-lo ao parque, a lojas de suprimentos para animais de estimação ou a qualquer outra área em que possa ter havido ou possa haver outros animais.

Muitos novos donos já têm outro cão em casa. Em casos como este, se você estiver 100% confiante de que seu cão atual está atualizado com todas as vacinas e está livre de doenças, não há razão para manter seu novo filhote longe do outro cão.

À medida que seu filhote cresce e recebe as vacinas necessárias, você pode lentamente começar a apresentar seu novo filhote a outros cães e permitir que a socialização normal comece.

Como cuidar de um Pug bebê? As Necessidades de Cuidado

Para ter um filhote saudável e feliz que se tornará um cão adulto feliz e saudável, certifique-se de fornecer sempre o essencial:
Uma dieta adequada. Você precisará decidir se deseja oferecer comida industrializada, comida caseira ou uma combinação de ambos.
A quantidade certa de exercício
Uma boa rotina de cuidados
Sempre mantenha consultas veterinárias para as vacinas necessárias e exames frequentes
Nunca pense que seu Pug é imune à possibilidade de vermes – a medicação preventiva é obrigatória
Fique atento a problemas de saúde
Sempre devolva carinho e amor…Pugs são muito sensíveis às emoções de seus humanos. Um abraço vai longe!


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *